Andre Franco

Engenheiro mecatrônico formado pela Universidade de São Paulo, desde o terceiro ano da faculdade sabia que não queria ser engenheiro mão na massa, mas sim trabalhar com tecnologia. E, por isso, o assunto de criptomoedas pareceu casar muito bem com a sua formação e sua vontade de aprender coisas novas.